Como o whey protein afeta a imunidade?

Como o whey protein afeta a imunidade?

A maioria das pessoas consomem whey para ajudar na criação e fortalecimento da massa muscular, mas a proteína tem outras funções que podem ser aliadas de um estilo de vida mais saudável. O whey protein também pode fortalecer a imunidade.

De acordo com estudo publicado na revista científica The American Journal of Clinical Nutrition, o soro do leite (de onde é extraído o whey) é tido como precursor da glutationa. Esse elemento funciona como antioxidante, que age principalmente contra diversas toxinas e protege o organismo, principalmente fígado e pulmão.

Dependendo do processo com o qual a proteína do soro do leite é extraído, é possível que esse valor imunológico permaneça. Assim, o suplemento pode interferir positivamente na imunidade de quem o toma.

Isso acontece quando a extração é feita a frio, pois preserva a integridade do soro. O que não ocorre em processos que não envolvem baixas temperaturas, possibilitando a chamada desnaturação, perdendo as características de imunidade do whey protein.

Por essas e outras razões, uma pesquisa da University of Cambridge apontou o suplemento como uma substância nutricional suprema, devido a seu alto nível de aproveitamento do corpo no metabolismo de quem o ingere.

Além de levar em conta a qualidade dos aminoácidos presentes no soro do leite extraído e nas suas funções antioxidantes e desintoxicantes.

Lembrando que o consumo de qualquer proteína ou suplemento deve sempre ser feito com o acompanhamento de um profissional da nutrição.